28 segunda-feira , setembro , 2020
Novidades
Palavra do Presidente – Correção da Tabela do Imposto de Renda Já.

Palavra do Presidente – Correção da Tabela do Imposto de Renda Já.

Por: OSWALDO AUGUSTO DE BARROS;

Feliz ano novo a todos!

Encerra-se 2016 em meio a muitas polêmicas e incertezas, abalando a população brasileira.

Carnaval passou, muitas maldades no período de transição do Natal até hoje e já está na hora de planejarmos a declaração do Leão.

Hora de achar os papéis necessários e aguardar a boa vontade do Governo Federal em promover a correção da Tabela do Imposto de Renda.

Para quem não sabe nenhuma lei existe que faça a correção automática da referida tabela, tudo fica a cargo da boa vontade do Executivo que, encontrou uma fórmula prática e simples de aumentar impostos.

Todos os governos anteriores também utilizaram dessa artimanha e ninguém se manifesta. A última grande manifestação nesse sentido deu-se pela década de oitenta, com uma campanha feita pelo grupo “O Estado” com grande mobilização da população e o governo viu-se na necessidade de atender o clamor popular.

Quem mais perde com isso? Quem recebe os menores salários, senão vejamos: hoje paga imposto de renda quem recebe por mês R$ 1.900,00 (um mil e novecentos reais), a defasagem de correção está na casa de 83% (oitenta e três por cento). Caso a correção total fosse adorada o limite seria de R$ 3.460,00 (três mil, quatrocentos e sessenta reais). Não há engano não.

Você que recebe entre R$ 1.900,00 e R$ 3.460,00 não deveria pagar Imposto de Renda e está forçado a pagar porque o Governo Federal não tem a menor preocupação em corrigir esse absurdo.

O pior é que não se vê nenhuma mobilização para que esse absurdo seja corrigido.

Presidente Temer, as reformas devem existir para melhoria da vida do trabalhador brasileiro e não para torna-lo um trabalhador de segunda categoria, essa está sendo uma maneira de aumentar impostos.

Aumento de imposto, por omissão do regramento legal, somente serve para inviabilizar o crescimento econômico do País.

Correção da Tabela do Imposto de Renda Já.

Trabalhador com menos dinheiro compra menos produtos e serviços e não faz girar a ciranda econômica de arrecadação fiscal.

Temos que levar para as ruas nosso grito de insatisfação.