19 sexta-feira , abril , 2019
Novidades
Que Brasil é esse?

Que Brasil é esse?

Cujas privatizações de empresas poderosas, que eram propagadas como cabides de emprego, e o eram, agora ceifam vidas em razão de administração incompetente e de falta de fiscalização, e que hoje o único objetivo é dar desculpas, às famílias desorientadas, sobre seus futuros.

De que adianta o mercado condenar suas ações a perdas econômicas, se milhares de pessoas, mesmo que não sendo suas “colaboradoras”, estão condenadas à fome, ao desalento e a falta de apoio psicológico e social, como já ocorrido em Mariana.

Que Brasil é esse? Que vê os sonhos de crianças, de genialidade futebolística serem extirpados de suas famílias, como um objeto material dispensável, por serem uma “mera” parte do patrimônio do Clube, aliás, maior arrecadador de 2018. Onde estavam àqueles que deixaram essas crianças numa situação de penúria, com riscos indicados pela secretaria competente da Prefeitura local.

Que Brasil é esse, onde as autoridades no poder, impedem investigações de enriquecimento ilícito, quando deveriam estar atentos e prontos para coibir que elas aconteçam.

Que Brasil é esse, que fazia afirmações em campanha, e no poder continua a planar ao sabor do vento, pois, “O plano de governo é não ter plano”.

Que em todas as manifestações públicas coloca o trabalhador organizado como culpado pelo desemprego. Que pretende criar meios de retirar a proteção social e econômica de quem gera a riqueza deste País.

Que país é esse, cujos poderes constituídos deixam de pensar no coletivo, para que se tenha uma unidade de ação para o crescimento.

Triste realidade vivemos. Acorda trabalhador, lute pelo que considera correto. Não se entregue a propagandas enganosas e bem produzidas, colocando-o como culpado por tudo que está aí, porque apoia o seu Sindicato, a defesa dos seus direitos e a sua melhoria salarial.

Que Brasil é esse? É aquele que você escolheu para ser o melhor país do mundo, por isso lute por ele.

Por Oswaldo Augusto de Barros. CNTEEC – FEPAAE – FST