19 segunda-feira , agosto , 2019
Novidades
Em boca fechada não entra mosca

Em boca fechada não entra mosca

Esse ditado popular o Ministro da Economia deve ter escutado várias vezes de sua mãe mas, ao que parece, não aprendeu.

Ministro Guedes, cuida do seu escaninho, enquanto te deixam. Não se mete no obscurantismo, a fleugma para cronista social não faz parte de seu script. Deixa só o Chefe do Executivo fazer o ruído no silêncio.

Cuidar da Economia do nosso País, já deveria tomar todo o seu tempo. Deixe as falas impróprias para o Pr. Faça o seu papel de maneira séria, com cara de Xerife de Faroeste e resolva o problema de desemprego.

O Movimento Sindical sabe o seu importante lugar e nós vamos aos poucos recuperando o terreno perdido pelos “estragos” feitos com os direitos do Trabalhador.

Tenha uma certeza, não vamos desistir. O Senhor ainda não notou que quanto mais o Trabalhador perde seus Direitos, graças às flexibilizações promovida por seus pares, nós estaremos carreando cada vez mais sucesso em nossas negociações.

O Trabalhador, em vista de tantas maldades apresentadas por seu Ministério, passa a crer que o seu sindicato é mais necessário que antes. Já os sindicatos Patronais, para não correrem risco de instabilidade jurídica, irão assinar Convenções e Acordos Coletivos de Trabalho, melhores que as leis que estão sendo aprovadas.

O mundo mudou desde o tempo que o Senhor fez o que fez no Chile, aqui foi diferente, mesmo com repressão. O Sindicalismo Brasileiro negocia, não é capacho como foi insinuado. Deveria ter feito o discurso de ontem para o Movimento Sindical, mesmo que Patronal e seria melhor atualizado.

O senhor está contribuindo para o aumento da desigualdade social, nos obrigando a fazer letra morta de suas pseudo conquistas. Dizer que o Movimento Sindical se rendeu à Movimento Militar, sabe que é falácia. Foram, sim, mais inteligentes, notaram que todas as maldades feitas eram bandeiras de luta e nos mantinha em evidência.

A defesa dos Trabalhadores é nossa causa, e mesmo que tenhamos que voltar a ser clandestinos, tenha certeza, estaremos firmes na defesa de nossos representados.

Será mais difícil de nos identificar quando passarmos à clandestinidade.

O tempo é Senhor da razão.

Temos todo o tempo do mundo e o Senhor mais alguns meses para mostrar resultados.

Já se passaram 8 meses!

O Capital não vai espera muito mais tempo por isso.

Por: Oswaldo Augusto de Barros – CNTEEC – FEPPAAE – FST