21 terça-feira , janeiro , 2020
Novidades
Desalento

Desalento

Não passa um único dia sem que tenhamos um fato novo apresentado por este “Desgoverno” que venha a desarticular ou até impor a desarticulação do Trabalhismo Brasileiro.

Um governo de Decretos e Medidas Provisórias que destroem anos de luta e organização, que foram construídas democraticamente entre o Capital e o Trabalho, com as desregulamentações propostas, o que viveremos serão, novamente, tempos de insegurança jurídica.

Quando ouvimos dos próprios empresários que 2020 será um ano perdido, temos a impressão que quem concorre para que tudo isso aconteça não está interessado no crescimento sustentável, mas nos lucros gerados pela instabilidade econômica existente.

O que se ouve, lê e assiste são desculpas de falhas de governos anteriores, do Socialismo corrupto ou da Esquerda que atolou o Brasil na lama da corrupção.

Lá se foi um ano de trabalho, o emprego em baixa, o subemprego levando a família a se dividir para poder sobreviver, um ano de desunião e de revanchismo.

Não esperávamos tão pouco.

O primor na escolha dos grupos que ajudam ao Governo, mais acirra esse desgaste, esquecendo-se que sem uma economia pujante, pouco ou nada será conquistado.

De consolo, apenas as manifestações de empresários e trabalhadores sérios, que passam a se unir, aqueles mesmos que acreditavam em mudanças e veem que tudo não passou de uma grande falácia.

No momento de desalento, só a união sorverá a retomada.

Oswaldo Augusto De Barros
CNTEEC – FST – FEPAAE