24 sábado , outubro , 2020
Novidades
O perigo de desdizer e culpar

O perigo de desdizer e culpar

Tudo se passa como que nada tenha acontecido, poucos são os que dão atenção às suas palavras, pouco ou nada é aproveitável.

Será que essa paranoia é plausível de respeito, ou será que é mais um ataque publicitário para colocá-lo no centro das atenções, desta feita sem a faca.

Quem sobrou de sua equipe que está fazendo a roda girar? Se nada sabem de economia mas vivem desautorizando seu ” posto Ipiranga”.

Virou médico, atleta, mago ou mito?

Se desautorizar o Ministro da Saúde, que lhe tem sido a única coisa de plausível no Governo, quem irá assumir o seu lugar, para se responsabilizar pelos que já morreram e pelas milhares de mortes estão por vir?

Se diz atleta e prática tiro ao alvo com arco e flecha, a bordo de um caiaque, em pleno Maracanã ou Aliance Park?

Ser mago é o mito ou é mito porque é messias? A cegueira pode ser geral, mas as evidências não brincam com a saúde da população e um levante geral pode ser até ameaçado, mas a contaminação não perdoará.

Tampar o sol com a peneira, não trará resultado para o dilúvio que se aproxima. Mentem a China, o Irã, a Itália, a Espanha, e Nova York, dentre tantos outros focos que o mundo acompanha?

Triste Brasil. Triste povo brasileiro. Em breve ouviremos que culpada pelo caos é a esquerda aproveitadora; a imprensa oportunista ou qualquer pesquisa que demonstre que o conselheiro é melhor que o Conselho.

Mas, se houver desmentido, com certeza foi a Globo que colocou no ar algum de seus artistas travestido de presidente, a mentira poderá colar, mas o caos, esse, mais uma vez, ficará para o povo pagar.

Oswaldo Augusto De Barros
CNTEEC – Fepaae – FST